[kads group="topo-1"]


A CARIDADE É ESFORÇO SILENCIOSO DO BEM NO CORAÇÃO HUMANO

A CARIDADE É ESFORÇO SILENCIOSO DO BEM NO CORAÇÃO HUMANO

Viver o ideal da paz, da luz, do amor, da fraternidade, da fé em Deus, do trabalho, da caridade, é viver a transformação pela consciência operosa do bem.

Quando o homem compreende a significação da sua existência, não recusa nem se ausenta do afeto, da bondade, da caridade, conservando o seu ser, o seu pensamento, na força do Creador, no estudo e na prática do Evangelho de Cristo, no respeito e no amor para com o próximo. É feliz com o que alcançou, sabendo dividir, dar, sem humilhar. Procura viver, trabalhar, para beneficiar a todos. É despreconceituoso e está sempre voltado para descobrir o que há de melhor na pessoa humana. Na experiência do cotidiano, se esforça para aprender a fazer discernimento. Entende que a vida terrena é processo de educação permanente, processo de aperfeiçoamento espiritual.

O amor, a caridade, a fé em Deus, a alegria, a serenidade, a humildade, a fraternidade, o trabalho, o perdão e a esperança, são instrumentos da evolução do espírito, portanto é preciso estar atento para existencializá-los com convencimento e absoluta dignificação da pessoa.

O homem só é verdadeiro, independente e consciente quando suas convicções se construíram honradamente, de dentro para fora.

O homem honrado é justo, é perseverante, sua coragem não é incompatível com sua bondade.

O homem de caráter forte é moral, judicioso e corajoso para procurar e expressar a verdade, ainda que seja mal compreendido.

A caridade é o esforço silencioso do bem no coração humano, é luz que dá direção à vida.

Coragem, as tempestades se abrandam, passam…

Texto do livro Serenidade, o esforço silencioso do bem

Compartilhe: