[kads group="topo-1"]


Atenção

Viver é estar consciente do processo evolutivo.

O cotidiano é sempre um caminho, uma escola onde aprendemos a exercitar a vida nos diferentes estágios de ser e de ter.

É indispensável – na dor, na paz, na angústia, na alegria, no sofrimento, na fé, na desilusão, na esperança, nos desentendimentos, no amor – não esquecer que vivemos no plano terreno para treinar, fortalecer, criar consciência crítica dos diversos problemas atinentes ao processo evolutivo do espírito, atendendo, assim, à possibilidade de nos conduzirmos conscientemente nos diversos degraus evolutivos.

Nos páramos da evolução nem sempre compreendemos as provas, nos distanciando da verdade e da ação.

A agência evangélica procura instrumentalizar o homem fazendo-o entender a fé em Deus, assumindo atitudes educativas.

A paciência, conduzindo a resultados sociais mais amplos;

A compreensão, criando equilíbrio entre os homens;

A renúncia, educando o espírito;

A esperança, alentando coração;

A dedicação, instruindo a ordem;

A benevolência, permitindo um melhor ajustamento humano;

A caridade, identificando o próximo como igual;

A justiça, dando a cada um o que é seu;

A fraternidade, aproximando os seres inteligentes;

O amor, desenvolvendo as faculdades espirituais, criando unidade entre o gênero humano.

O agenciador evangélico deve ter consciência, de que, como exemplificador do novo espiritual, precisa sobrepor-se à dor, à fadiga e ao perigo, assumindo posições de plena confiança na proteção de Deus, do mestre Jesus, através da assistência espiritual.

Quem está capacitado para o amor não teme o futuro.

Mensagem extraída do livro “No Cenário da Vida”, pelo Espírito Leocádio José Correia psicografado por Maury Rodrigues da Cruz.

Compartilhe: