[kads group="topo-1"]


ENQUANTO AGUARDA MELHOR MOMENTO

ENQUANTO AGUARDA MELHOR MOMENTO

Liberte sua alma, não se prenda à efemeridade da Terra – o perfume, por melhor que seja, passa breve.

Não se deixe dominar por pensamentos derrotistas ou alarmistas; não acredite em elogios nem tampouco se deixe abalar por vitupérios.

Alimentar enfermidades significa asfixiar a vida. Avalie seus sentimentos e pensamentos, estude sua dor, controle os melindres, examine sua capacidade de suportar a injustiça, não se assuste com sua fraqueza, faça prece, acautele-se do mal pela prática do bem.

Seja forte, otimista, tenha nobreza de atitudes com o próximo, vigie constantemente a sua vontade e o seu entusiasmo; não perca tempo em pormenores que escurecem e desviam os seus objetivos.

Procure fazer o melhor. Não critique desnecessariamente, evite a impaciência, pratique a calma, construa, conscientemente, o bem; intensifique o seu esforço para a consecução de seus objetivos; não se queixe, olhe, enxergue, sinta, participe, transforme, avalie, perceba o seu ser.

A solidariedade ajuda sempre. Você não poderá ser feliz sem o concurso dos outros; a sua identidade se firmará pela compreensão, pelo autoconhecimento, pelo exercício do amor. Não se desespere. A dificuldade, o momento, parecem impossíveis de suportar – no entanto, lembre-se que representam abençoada oportunidade de renovação.

Aprenda, ensine, com humildade. Compreenda que renunciar aos próprios caprichos significa vencer a si mesmo, fazer disciplina pessoal. Descobrir-se a si mesmo é exercitar a felicidade.

Se você deseja vencer as crises existenciais, as dificuldades, o contraditório, não esqueça de ficar atento a tudo; portanto, estude, pesquise, medite, faça aplicação ao trabalho, que representa permanente renovação do espírito.

Quando fazemos exercício de fé no Creador, vivemos intensamente, somos felizes, não conhecemos o medo, a desilusão, uma vez que estamos sempre preparados para administrar, com dignidade e poder de renúncia, o cotidiano.

Meu amigo, no aguardo de melhor momento, não perca seu precioso tempo em achar defeitos no próximo, em criticar, desconfiar, bajular, mentir, aviltar o seu irmão. Lembre-se que ninguém poderá prescindir do auxílio de seu semelhante.

Na escolaridade temporária da Terra, é necessário saber aguardar, pacientemente, o momento para novas oportunidades, portanto aguardar não significa se imobilizar, mas fazer exercício, criar prontidão, estar atento, buscar, aprender, se transformar, evoluir.

Renovação, coragem e fé.

Trecho do livro, Na luta do cotidiano, A força do amor

Compartilhe: