[kads group="topo-1"]


Existe Milagre?

Existe Milagre?

Em 1682 o bandeirante Bartolomeu Bueno saiu em busca do Rio Araguaia. Em seu caminho encontrou a aldeia indígena do povo Goiá, de onde deriva o nome Goiás.
Diz a lenda que vendo as índias enfeitadas com chapas de ouro, ele quis saber de onde vinha o ouro. Como os índios se recusassem a contar, ele ateou fogo em uma tigela de aguardente e diante do espanto dos indígenas, ameaçou lançar fogo em todos os rios e fontes. Assustados, os índios cederam e o apelidaram de Anhanguera que significa Diabo Velho.
Note que, o que para os índios era milagre, para o Anhaguera era apenas ciência.
O milagre seria uma violação de leis naturais. Será que com estudo e determinação não chegaremos a compreender as leis naturais que estão por trás dos eventos que hoje chamamos de milagres?
Paulo Wedderhoff

Compartilhe:

Sobre o Autor

Paulo Henrique Wedderhoff

Paulo Henrique WedderhoffAdministrador; Professor Universitário na Faculdade Doutor Leocádio José Correia (FALEC); e Conselheiro Editorial da revista SER Espírita.

Todos os Posts de: Paulo Henrique Wedderhoff