[kads group="topo-1"]


Quem responderá por suas escolhas?

Quem responderá por suas escolhas?

Um dos princípios espíritas é o Livre Arbítrio: somos livres para escolher, sempre. E viveremos resultados justos às escolhas que fazemos. Mas há um aspecto que muitas vezes esquecemos de avaliar: estamos escolhendo com base no que efetivamente pensamos, ou com base no que os outros pensam? Essa é uma reflexão muito importante, me parece, pois os resultados das escolhas será vivenciado por quem as fez… e não por quem “opinou”.
Não há dúvida que temos a nossa volta muitas pessoas com ótimas intensões, muita informação, muita experiência, e que nos querem muito bem. Assim, certamente suas orientações e sugestões devem ser bem- vindas, consideradas, avaliadas. Mas em momento algum devemos perder de vista o nosso interior, o que somos, o que temos condições, e que acreditamos ser correto. Só assim teremos as condições adequadas para enfrentar os resultados sejam eles quais forem. Faz parte dessas condições a determinação, a coragem, a paz adequadas a administrar da melhor forma os diversos resultados de nossas decisões.
Entretanto “escolher por si” demanda conhecer-se, aceitar-se, planejar-se. Sem dúvida desafios, mas que uma vez superados, determinam um caminho de passos importantes no caminho da evolução, da realização, da felicidade.

 

Nelson José Wedderhoff

Compartilhe:

Sobre o Autor

Nelson José Wedderhoff

Nelson José WedderhoffEngenheiro Eletrônico; Professor Acadêmico na Faculdade Doutor Leocádio José Correia (FALEC); Coordenador de Grupos de Estudos Espíritas; e Conselheiro Editorial da revista SER Espírita.

Todos os Posts de: Nelson José Wedderhoff