[kads group="topo-1"]


Riqueza, poder e glória

Riqueza, poder e glória

     É curioso percebermos como muitas pessoas despendem quase que a integralidade de suas encarnações em uma busca exclusiva por três elementos absolutamente frágeis e passageiros: riqueza, poder e glória.
     Essa atitude pueril revela indivíduos que fazem uma análise afoita e açodada de si próprios e da sua existência, recusando-se a enxergar as sublimes verdades existentes além da nossa limitadíssima visão material. Acreditam que amealhar algum patrimônio, ou títulos, ou a simples obtenção de um certo destaque em determinada área de atuação, já lhes tornariam pessoas superiores, merecedoras de algum trato diferenciado e de encômios.
     Quanta pobreza há nessa busca desenfreada por aquilo que não tem importância! De que valem moedas ou titulações ou louvores recebidos por feitos imerecidos se dentro em breve haveremos invariavelmente que desencarnar deixando para trás todas essas pequenezas?
     A única busca que realmente vale a pena ser feita e que seguirá conosco incutida em nosso âmago por toda a eternidade é a busca pelo bem, pela caridade e pelo conhecimento. Todo o resto é efêmero e deve ser visto como simples meios para se atingir esses objetivos mais amplos posto que de ordem espiritual.
     Os que buscam em suas vidas simplesmente locupletarem-se, ou que creem que devem a qualquer custo se comprazer com o poder, enganam-se por perseguir algo que nunca conseguirão de fato encontrar. Não há sequer um arremedo de efetiva satisfação nessa postura mesquinha e materialista que muitos insistem em adotar.
     Enquanto os materialistas buscarem riqueza, poder e glória no TER, jamais alcançarão aquilo que procuram. Somente aqueles que objetivam em suas vidas o SER e que adotam uma visão espiritual de suas existências, pautando cada um de seus atos e pensamentos na firmeza dessas convicções encontrarão a plenitude da satisfação por todos almejada.
     As pessoas espiritualizadas são o poder que os materialistas jamais encontrarão. Elas conseguem alcançar a cada dia novos degraus de uma postura de sublime serenidade, de impassibilidade, de plena harmonia com o Creador e todas as demais creaturas. São capazes de trazer equilíbrio e alegria por onde passam e não se deixam levar pelas miragens da matéria.
     Os que buscam essa visão espiritual conseguem, gradativamente, alcançar esse poder que não foi imposto, herdado, ou construído por elementos externos, mas que foi instituído em seu íntimo e foi capaz de transbordar e se espraiar de dentro para fora, num crescer contínuo que contagia a todos pela firmeza de seus propósitos e pelas atitudes dignificantes e moralizantes adotadas em todas as oportunidades.
     A cada instante de nossas vidas, temos a oportunidade de fazer escolhas e decidir o que de fato nos motiva. É importante fazermos avaliações constantes a fim de evitarmos nos perder com aquilo que não tem importância e também para que possamos fazer o aprendizado necessário para seguirmos firmemente em nossa caminhada evolutiva.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Rodrigo Fontana França

Rodrigo Fontana FrançaAdvogado e Coordenador de Grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE) e no Centro Espírita Antonio Grimm (CEAG)

Todos os Posts de: Rodrigo Fontana França