[kads group="topo-1"]


Suco de caixinha é suco?

Suco de caixinha é suco?

Seja na hora do lanche, almoço ou jantar, os sucos de caixinha estão cada vez mais presentes. Muitas vezes não prestamos atenção nas informações das embalagens e sequer percebemos as diferentes descrições dos rótulos. Você já parou para pensar se o que leva para casa ou coloca na lancheira das crianças é realmente suco?

O suco de fruta , ou polpa, é classificado como uma bebida não fermentada, não diluída e não concentrada, feita à base da fruta madura, submetida a condições adequadas de conservação até o momento do consumo, podendo ou não conter açúcar. Ou seja, a bebida que concentra a maior parte das propriedades naturais das frutas, como fibras e vitaminas.

É muito comum a confusão entre os conceitos de néctar, refresco e do suco propriamente dito. Todos esses produtos são classificadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), baseados na concentração de suco usada na fórmula de cada um.

Na fabricação do néctar, a fruta é diluída em água potável com adição de açúcar, o que pode tornar essa bebida altamente calórica. Como água e açúcar são mais baratos que a fruta, o custo de fabricação dos néctares é consideravelmente menor quando comparado ao dos sucos. Assim, seus preços nos supermercados normalmente são menores.

O refresco também não é fermentado, sendo obtido pela mistura do suco da fruta em água. O teor de suco nos néctares e refrescos varia conforme a fruta, sendo que a porcentagem de suco no néctar nunca poderá ser inferior ao teor do suco encontrado no refresco.

A quantidade máxima de açúcar que pode ser adicionada nessas bebidas só está prevista para os sucos e equivale a, no máximo, 10% do seu total em peso. Quando isso acontece, o produto recebe a denominação de ‘suco adoçado’.

Um dica interessante para tirar aquela dúvida na hora de comprar é observar a ordem dos ingredientes na embalagem. Pela legislação, eles devem aparecer em ordem decrescente, ou seja, o primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade e o último, em menor.

No caso das bebidas citadas, a água estará em primeiro lugar e depois dela o suco concentrado. Empresas que querem enfatizar a qualidade dos seus produtos colocam essa porcentagem de concentração, o que pode ser um bom sinal. Caso o açúcar venha em segundo lugar fique alerta! Quanto aos outros ingredientes podem ser assunto para um próximo artigo.

Bruna Roldão

FONTES

http://www.agricultura.gov.br/comunicacao/noticias/2010/10/suco-nectar-refresco-e-refrigerante-tem-porcentagens-diferentes-de-fruta
http://www.idec.org.br/uploads/revistas_materias/pdfs/184-capa-suco1.pdf
http://www.namu.com.br/materias/suco-sem-fruta
http://super.abril.com.br/blogs/ideias-verdes/tres-dicas-para-entender-melhor-os-rotulos-dos-alimentos/

Compartilhe:

Sobre o Autor

Bruna Roldão

Bruna RoldãoEngenheira de Alimentos

Todos os Posts de: Bruna Roldão