[kads group="topo-1"]


A realização e a felicidade dos outros

Em muitas mensagens os espíritos nos sugerem sermos felizes na felicidade do outro. Mas como podemos ver essas oportunidades no dia-a-dia? E como transformar esse ponto-de-vista em algo integrado e comum em nossas atitudes?

Um pensamento do Espírito Marina Fidélis pode nos auxiliar. Em uma mensagem através do Médium Maury Rodrigues da Cruz, o Espírito Marina Fidélis diz que “não há felicidade sem realização”. Assim, quando refletimos sobre esta colocação, podemos concluir que a felicidade é o resultado da realização. Nos sentimos felizes quando nos realizamos, e o mesmo acontece com as outras pessoas. E daí vem uma pergunta…

Estamos contribuindo para que as outras pessoas se realizem?

Mas o que devemos entender como “contribuir” para com as outras pessoas? Uma interpretação pode ser “contribuir para que se autoconheçam”, ou seja, para que identifiquem com mais clareza suas próprias convicções, e para que as vivenciem durante suas vidas. Entretanto, diante da intenção de ajudar, eventualmente acabamos apontando às outras pessoas caminhos que seriam a nossa escolha, e não necessariamente a escolha delas.

O Espírito Leocádio José Correia, em suas mensagens também pelo Médium Maury Rodrigues da Cruz, nos lembra que “a cada pássaro o seu voo, e a cada campo as suas flores”.  Cada um de nós tem seus objetivos nessa passagem pela Terra. Agora é o momento de ir em busca de sua concretização. Cada um de nós pode e deve, na medida do possível, contribuir para que os demais se autoconheçam e dediquem-se à vivência de suas convicções.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Nelson José Wedderhoff

Nelson José WedderhoffEngenheiro Eletrônico; Professor Acadêmico na Faculdade Doutor Leocádio José Correia (FALEC); Coordenador de Grupos de Estudos Espíritas; e Conselheiro Editorial da revista SER Espírita.

Todos os Posts de: Nelson José Wedderhoff