[kads group="topo-1"]


A SIMPLICIDADE DE ONTEM

A SIMPLICIDADE DE ONTEM

O egoísmo, a grande chaga da humanidade, tem se mostrado presente nos dias de hoje. Estamos tão preocupados com nossa vida e no máximo com a de nossos familiares que esquecemos a família a qual pertencemos: a humanidade. São poucas as pessoas que se preocupam em auxiliar o próximo e fazer de sua vida algo mais do que o pensar apenas em si. Algumas pessoas ficaram com o coração tão seco que as atrocidades que assistem nos canais de TV não as tocam mais…

Houve um tempo em que as pessoas conversavam olhando nos olhos, as visitas poderiam chegar a qualquer momento que sempre eram recebidas com muita alegria. Hoje é preciso marcar dia e hora para visitar a pessoas que queremos bem… Esquecemos de que as portas de casa deveriam estar abertas, assim como as portas do coração, para aqueles que amamos e para isso não haveria necessidade de marcar hora. Com essas formalidades fomos nos afastando uns dos outros e a alegria da visita improvisada não acontece mais. Ficamos fechados no nosso casulo e perdemos grandes oportunidades de compartilhar lições de vida.

É preciso sair desse casulo egocêntrico e ver as paisagens maravilhosas que Deus nos presenteou, pois a natureza é vida! Vamos visitar os familiares e amigos e trazer para os dias de hoje a época dourada do café com bolo caseiro. Quanto aprendizado tinha quando nos olhávamos com carinho e conversávamos sem desconfianças e vaidades. Éramos fraternos e estávamos sempre dispostos a auxiliar quem necessitasse talvez pela simplicidade da vida que tínhamos… Apesar da globalização e de tanto progresso ainda podemos trazer a simplicidade da vida para os dias de hoje. Vamos viver a vida com a participação ativa daqueles que amamos! Trazer a simplicidade dos nossos avós para o aconchego do nosso Lar, onde todos serão bem recebidos sem a necessidade de agendar um horário. Que tal um café com bolo?

LUCY A. C. TAVERNEZI

Compartilhe:

Sobre o Autor

Lucy Alves Tavernezi

Lucy Alves TaverneziFormada em Comunicação Social pela OSEC-SP; Participante de grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE).

Todos os Posts de: Lucy Alves Tavernezi