[kads group="topo-1"]


Como é possível ajudar as pessoas que procuram o Espiritismo em situações de aflição e em busca de cura?

Como é possível ajudar as pessoas que procuram o Espiritismo em situações de aflição e em busca de cura?

Os instrumentos e instruções disponibilizados pela Doutrina Espírita ajudam a alcançar o equilíbrio.
Uma boa parte das doenças e aflições têm causas no próprio comportamento e nos hábitos humanos.
Além da genética, tudo tem influência na nossa saúde física e mental: o que comemos, o que bebemos, o que respiramos, o que lemos, o que falamos, o que vemos, o que ouvimos, o que pensamos, o que sentimos. Mas mesmo a tendência genética a determinadas patologias pode ser redirecionada pelo estilo de vida. No caso da hipertensão, por exemplo, a pessoa pode adotar hábitos que ajudem a compensar sua herança genética.
À medida que ampliamos nossa consciência sobre as leis de causa e efeito, podemos concluir que hoje efetuamos a colheita de nosso próprio plantio anterior. Se mudarmos nosso comportamento hoje, certamente iremos colher melhores resultados amanhã.
O Espiritismo não opera nem prega milagres. Os passes e os reequilibrantes naturais ajudam a pessoa, mas se ela não conseguir mudar certos hábitos – já que o livre-arbítrio é inviolável – poderá não haver como ajudá-la.

Compartilhe: