[kads group="topo-1"]


Edição 28

edicao28

 

KARDEC ONTEM E HOJE –

Ele foi alvo de críticas e desaprovações. Mas se manteve firme e fiel em suas convicções. Nunca se deixou abater. Se não fosse sua força e coragem, toda a codificação espírita não existiria. E, consequentemente, a Doutrina Espírita também não estaria viva – e tão forte quanto seu codificador – hoje. Allan Kardec, o grande codificador, é o tema de capa desta edição.
A cada ano que passa, cresce o número de brasileiros que se declaram espíritas. No último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 3,84 milhões de pessoas disseram ser adeptas do Espiritismo. No censo anterior, no ano 2000, eram 2,262 milhões. É preciso lembrar que estes números podem ser ainda maiores, já que muitas pessoas não se declaram como tal, e outras são simpatizantes. Kardec, na época da codificação,provavelmente não imaginava o crescimento de sua doutrina de fé, esperança e amor.
Mas o que mudou de lá pra cá? Como o Espiritismo pode – e deve – ser recontextualizado? Como podemos rever e ampliar os entendimentos que Kardec alcançou com a ajuda dos espíritos?
Reforçando este crescimento, a SER Espírita traz nesta edição um estudo realizado entre outubro de 2011 e outubro de 2012 pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), que revelou que a procura por atendimentos em centros espíritas da cidade é maior do que o número de tratamentos feitos em alguns hospitais. Nesta edição também mostramos a importância das relações afetuosas no trabalho e como isso pode refletir nos resultados, além de um novo filme com temática espírita que tem estreia marcada para o mês de julho de 2014.

Boa leitura!

Compartilhe: