[kads group="topo-1"]


EXERCÍCIO DA EVOLUÇÃO

EXERCÍCIO DA EVOLUÇÃO

Algumas pessoas vivem tão pressionadas por prazos e cobranças que não conseguem desconectar e reorganizar seus pensamentos. E nessa ânsia desmedida se perdem de seus reais objetivos. O bom senso e o equilíbrio são necessários em qualquer parte de nossas vidas, mas quando o assunto é trabalho o orgulho do medo de errar nos paralisa. Podemos separar a vida em parte material e espiritual, entretanto, a nossa essência espiritual é a mesma em qualquer área. É preciso conhecer a si mesmo para fazer os ajustes necessários ao nosso bem estar. O ser humano que sabe do que é realmente feito consegue equilibrar todas as áreas de sua vida.

Sendo assim, o que nos leva a descuidarmos de nós mesmos? São poucas as pessoas que buscam saber sobre sua essência. Alguns têm medo de encararem as suas angustias, dores e sentimentos negativos… Outros acham que são perfeitos e não precisam corrigir nada em si. O nosso dever como espíritos em evolução é buscarmos levar a luz onde há trevas dentro de nós. O exercício da evolução é diário, portanto, não podemos abandonar a nossa essência!

É preciso aprender a estudar as nossas ações e reações. Avaliar o nosso dia e aquilo que fizemos de maneira clara e sincera. O exercício da evolução depende de cada um de nós, pois tudo o que fazemos se desdobrará na vida de outros. Quanto maior o empenho e a verdadeira vontade de mudar, melhor será o crescimento e a iluminação do individuo e da coletividade.

Se algo não está bom na vida o melhor caminho é repensar e avaliar. Isso deverá ser feito quantas vezes forem necessárias até encontrarmos o nosso equilíbrio para realizarmos o exercício da evolução com alegria no coração.

LUCY A. C. TAVERNEZI

Compartilhe:

Sobre o Autor

Lucy Alves Tavernezi

Lucy Alves TaverneziFormada em Comunicação Social pela OSEC-SP; Participante de grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE).

Todos os Posts de: Lucy Alves Tavernezi