[kads group="topo-1"]


Filme mostra Jesus sob a ótica espírita

Filme mostra Jesus sob a ótica espírita

Por Mara Andrich

No dia 24 de março estreou em algumas salas de cinema do país o filme Nos Passos do Mestre. Com realização da Fundação Espírita André Luiz e Mundo Maior Filmes, o longa-metragem apresenta pela primeira vez uma análise da jornada de Jesus Cristo na Terra sob o ponto de vista do Espiritismo.
Como explica o diretor do filme, Andre Marouço, a ideia é desmistificar muitas das mensagens contidas nos textos sagrados e que até hoje ainda são mal compreendidas. Para tanto, a equipe de produção foi até o Egito, Jerusalém, Turquia e Itália para mostrar os lugares mais significativos da história Cristã. O longa metragem começou a ser produzido em 2009, mas conta com pesquisas de décadas do professor Dr. Severino Celestino, curador do filme. Foram 50 dias de filmagens, cerca de dois meses para a montagem do roteiro e oito meses de montagem.
Para Marouço, um dos grandes erros dos cristãos é considerar Jesus um homem religioso. Ele explica que a palavra religião vem do latim religare, tratando-se de uma proposta de religação das criaturas com o Criador. “Deus é paz, todas as vezes que nos desarmonizamos, a religião vem com o caminho para a religação. Nós precisamos ser religiosos, pois nos desligamos da paz costumeiramente, porém, Jesus vem e nos diz ‘Eu e o Pai somos um’. Nesse instante o Mestre nos diz que está intimamente ligado com o Pai o tempo inteiro, e quando transformamos Jesus em religioso, antropomorfizamos o Cristo de acordo com as nossas crenças e amarras psicológicas, culturais, educacionais”, observa Marouço.
Para ele, o mais importante no filme foi mostrar a desmistificação que em relação a Jesus, apresentar à humanidade os seus verdadeiros atributos, tornar ciente sua pedagogia, sua ciência, sua filosofia, seu método de “administrar” a Terra. “Suas táticas de marketing e de dar racionalidade aos teus feitos, ou seja, claro que ele não ressuscitou afinal as reações químicas não se revertem; é evidente que Maria não fora intocada sexualmente, afinal o sexo é divino; Judas não poderia ter traído Jesus, a palavra traição denoda enganação. Desde quando alguém poderia enganar a mente mais poderosa do Planeta Terra?”, indaga Marouço.

JESUS E A DOUTRINA ESPÍRITA
Para a Doutrina Espírita, são os ensinamentos de Jesus Cristo fundamentados no amor, na caridade, na indulgência, na paz é que são importantes. O Espiritismo considera que Jesus foi um homem que reencarnou na Terra com uma grande missão: ensinar o amor a toda humanidade. “Não existe Doutrina Espírita sem Jesus, sem reencarnação, sem Lei de Causa e Efeito, sem a imortalidade da alma e sem a comunicabilidade com os espíritos”, dispara Marouço.

EXIBIÇÃO DO FILME
O filme Nos Passos do Mestre está sendo exibido em salas de São Paulo, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Belém, Guarulhos, Barueri, Matão, Sorocaba e Fortaleza. As próximas estréias previstas são Belo Horizonte, Brasília, Recife, Goiânia e Manaus. A equipe de produção informou que está trabalhando para expandir o filme para salas de cinema em todo Brasil, mas para que isso necessita do apoio das casas espíritas, que podem incentivar a exibição em suas localidades.
Nos Passos do Mestre contou com apoio financeiro de apoiadores através da plataforma Catarse (financiamento colaborativo). Foram mais de 900 apoiadores, tendo sido captado por esta modalidade R$ 120 mil, cifra campeã para este tipo de financiamento, o que valeu capa da Veja São Paulo em setembro de 2013: http://vejasp.abril.com.br/materia/projetos-bem-sucedidos-crowdfunding

TEMAS
O objetivo do filme é a reconstrução de Jesus como personagem histórico através de uma análise profunda e racional, Nos Passos do Mestre, aborda passagens que envolvem a vida do Cristo sem o apego a dogmas e contesta racionalmente: a virgindade de Maria; o batismo de Jesus; Suas curas e milagres; a traição de Judas, a ressurreição de Lázaro e do próprio Jesus, entre outros temas importantes analisados sob os aspectos educacionais e morais da obra do Cristo. O filme deixa claro que Jesus em momento algum quis criar qualquer religião, mas sim disseminar o amor e a paz. A reencarnação e a mediunidade também são tratadas, mostrando que tanto o Velho Testamento quanto o Novo atestam as duas realidades.
Muitos daqueles que assistirem poderão compreender com a narrativa do longa, a sabedoria do maior filósofo, cientista, pacifista, médico e pedagogo de todos os tempos, Jesus Cristo.
Para acompanhar os locais de exibição e notícias do filme, veja a página no Facebook: https://www.facebook.com/DocNosPassosDoMestre/?fref=ts

Compartilhe: