[kads group="topo-1"]


Positivar a vida

Positivar a vida

Talvez a principal razão de ser de nossa passagem aqui pela Terra consiste em aprendermos a superar nossos próprios limites, assim como os desafios que a vida nos impõe.

Durante a nossa jornada, cada um de nós passa por uma série de provações e expiações, todas tendentes à nossa depuração enquanto indivíduos. Muitas vezes nos deparamos com situações limite nas quais temos certa dificuldade em avaliar os próximos passos a serem tomados. Isso acaba gerando angústias e aflições que por vezes nos obnubilam a visão e impedem que tomemos as decisões mais adequadas.

É exatamente aí que importa buscarmos um forte embasamento nas lições de Jesus, assim como nos instrumentos e instruções fornecidos pela Doutrina dos Espíritos. Se assim procedermos, uma das primeiras coisas que iremos perceber é que sendo Deus soberanamente justo e bom, o fardo que carregamos nunca é maior do que a nossa capacidade de suportá-lo. Ou seja, temos em nosso íntimo plena capacidade de superação das situações adversas da vida, bastando, para tanto, que através da prática do autoconhecimento saibamos avaliar nossos limites e potencialidades, bem como perscrutar as origens dos desafios que nos são apresentados (que nos mais das vezes são consequência direta de nossas atitudes pretéritas).

Perceberemos também que independentemente de querermos ou não, em algum momento dos baixios e cumeadas de nossa trajetória, passaremos por grandes desafios, não havendo aí nunca que se falar em castigo ou punição, mas sim em oportunidades de aprendizado e correção de rota.

Ora, se já de antemão tivermos essa plena consciência de que esses momentos de adversidade são inerentes à vida na Terra e que invariavelmente haveremos de nos defrontar com eles, logo perceberemos que a grande diferença está na forma como iremos encará-los.  Se a cada pedra que surgir em nosso caminho nós nos desesperarmos, angustiarmos e afligirmos, a jornada será muito mais turbulenta e menos prazerosa. Por outro lado, se buscarmos enxergar nesses percalços oportunidades ao invés de problemas, certamente faremos deles um aproveitamento muito maior.

Quando começamos a perceber a vida sob uma perspectiva espiritual, cresce infinitamente nossa capacidade de compreendê-la e positivá-la. Basta volvermos nossos pensamentos a alguns dos grandes capacitores que já passaram pela Terra para percebermos que suas vidas não foram apenas de gozos e desfrutes, e que eles só conseguiram chegar onde chegaram após superar duríssimas provas e que ainda assim conseguiram fazer um bem imensurável à causa da humanidade.

Para não nos alongarmos em demasia, vamos ficar apenas com o exemplo de Jesus – por todos nós conhecido – que apesar de todas as incomensuráveis adversidades que teve que superar (chegando ao extremo de pagar com a própria vida pela força de suas ideias) sempre – e mais do que ninguém – soube positivar a vida e nunca se deixou afligir, pois tinha plena consciência da missão que tinha a desempenhar.

Devemos, pois, cada um de nós, buscar ter essa visão positiva da vida, enxergando cada momento como uma oportunidade única a ser desfrutada. Se assim formos capazes de fazer, certamente não teremos mais do que nos queixar e conseguiremos voltar todas as nossas forças exclusivamente para o nosso aprendizado e a prática do bem.

Rodrigo Fontana França

Compartilhe:

Sobre o Autor

Rodrigo Fontana França

Rodrigo Fontana FrançaAdvogado e Coordenador de Grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE) e no Centro Espírita Antonio Grimm (CEAG)

Todos os Posts de: Rodrigo Fontana França