[kads group="topo-1"]


Qual o propósito da vida e da morte?

Qual o propósito da vida e da morte?

Segundo Marina Fidélis, um dos espíritos orientadores da revista SER Espírita (em mensagens psicofonadas pelo médium Maury Rodrigues da Cruz), o espírito encarna para o aperfeiçoamento. O intervalo de tempo da vida encarnada é um período em que o espírito tem a oportunidade de receber novas orientações, que conhecemos como educação, e com isso mudar a sua antiga forma de pensar, falar e agir. Com o passar do tempo, começa a aplicar o que aprendeu durante seu período como desencarnado, somando ao que está aprendendo na encarnação atual. A morte seria, portanto, uma interrupção temporária no período de aprendizado no polissistema cultural material, em geral causada por acidente, doença ou esgotamento do capital de vida do veículo físico. Mas, como o aprendizado nunca cessa, algum tempo depois do desencarne o espírito dá início a uma nova etapa de autoconstrução no polissistema cultural espiritual, até que após a um período não inferior à média de duração dos encarnes no polissistema material ⎯ que em nosso planeta se situa em torno de 70 anos ⎯ o espírito possa reunir condições para uma nova encarnação. Prontidão, merecimento, utilidade e oportunidade representada por uma “vaga” para encarnar seriam algumas das condições para que o novo encarne possa ocorrer.

Compartilhe: