[kads group="topo-1"]


QUANDO SENTIR DESAPONTAMENTO

QUANDO SENTIR DESAPONTAMENTO

Meu bom amigo, em todos os ângulos da existência, é possível encontrar respostas, recursos, resoluções de qualquer problema. O homem espititualizado dignifica a vida pelo sentimento, pensamento e ações.

O importante é manter em nível alto o pensamento qualitativo, positivo, bom, e assim a vida será qualificada, será de qualidade. O homem espiritualizado é cumpridor severo de todos os seus deveres.

Quando o ser humano faz autoconhecimento, não exige de seu próximo a perfeição moral, tem consciência de que todos muito terão que aprender para alcançá-la.

O homem que caminha exercitando plenamente a fé no Creador, não se queixa das experiências do cotidiano, sabe administrá-las com dignidade, tem consciência de que são oportunidadesevolutivasno trânsito da Terra.

O homem espiritualizado é forte para superar a inveja, o ciúme, o desentendimento, o vício, o mal; não reclama contra nada, auxilia sempre o seu próximo, silenciosamente.

O processo de espiritualização mostra ao homem a sua condição de permanente aprendiz no bem. Portanto, quem quer vivenciar a freqüência espiritual tem que estar em prontidão para a caridade, o amor, a paciência, a fé no Creador. Com coragem e renúncia voluntária, estará o aprendiz sempre disposto a mudar para melhor o seu comportamento.

O homem espiritualizado sabe prontamente otimizar o seu pensamento, a sua vida, seguindo sempre em frente, recolhendo experiências, sendo feliz pela pela consciência crítica ao trabalho; serve com boa vontade a todos, não condenando nunca aqueles que apresentam opiniões divergentes das suas.

Meu caro irmão, quando sentir o desapontamento não se decepcione, reaja assumindo o bem, medite, faça reflexão, prece, pergunte a você mesmo o porquê das coisas que estão acontecendo e o que deve fazer; não esqueça que sentimentos de ódio e vingança escurecem a visão, turbam a paz, destroem o sentido da vida.

Caro amigo, na vida do homem que faz processo de espiritualização, cada dia há de ser de perseverança na edificação, no aprendizado, do bem; o estudante que se aplica chega à erudição por seu próprio esforço.

Coragem, esperança, não deixe de perceber, todos os dias, o chamamentoà permanente revisão do conhecimento para que você possa alcançar novos estágios da verdade.

A fé no Creador não significa simplesmente ideal, pensamentos, promessas, palavras, tem de ser ação, força construtiva para o agora.

Evoluir, ser feliz, significam, acima de tudo, saber discernir o certo do errado; a justiça é luz que deve trazer a verdade em toda a caminhada humana.

Sempre que sofrer desapontamento, levante a cabeça, consulte seus objetivos, medite, faça reflexão, prece, não perca a humanidade, afirme o bem – a verdade inevitavelmente aparecerá, basta ter paciência para alcançá-la com sobriedade.

Amor, trabalho, esperança.

Texto extraído do livro, Na luta do cotidiano, A força do amor.

Compartilhe: