[kads group="topo-1"]


QUANDO VOCÊ SE SENTIR ABANDONADO

QUANDO VOCÊ SE SENTIR ABANDONADO

Quando você perceber que todos o abandonaram, que a solidão está presente, não perca a esperança – resta procurar consolo no trabalho, no exercício do bem, na prece, na fé no Creador.

Ninguém pode sentir felicidade, alegria ou segurança sem a energia do entusiasmo. Sem ela, os obstáculos, as dificuldades que o homem encontra o levam ao desânimo e à derrota; a perseverança que o entusiasmo inspira faz com que o homem faça frente a todas as dificuldades, perigos, sem medo.

O homem que procura conscientemente o processo de espiritualização não se deixa abater pelas provas da escolaridade da Terra; está sempre pronto a administrá-las com coragem para alcançar os seus objetivos. Só alcança êxito quem, pela disciplina pessoal, faz domínio de si mesmo.

Caro irmão, não são as facilidades, mas as dificuldades, não é a aceitação mas a rejeição, não é a prosperidade mas a penúria, não é a riqueza mas a pobreza… que estimulam a perseverança, a confiança em si mesmo, a coragem para vencer. Aquele que se autoconhece exercita sua potencialidade, desenvolve seu caráter vivendo com dignidade o cotidiano – pois as dificuldades, os empecilhos, estimulam o seu ser, dando-lhe ânimo para enfrentá-los.

É importante que o homem tenha consciência clara, e não esqueça nunca, de que o cumprimento do dever, em qualquer segmento da vida, por mais simples que pareça, deve ser o ideal daquele que procura viver o processo de espiritualização. A força do caráter é que revela o homem em sua plenitude.

Meu bom amigo, quando você se sentir abandonado, não se desespere, não perca a calma, não se angustie, focalize os momentos bons de sua vida, eleve seu pensamento, faça, com convicção, a prece, comunicando-se com o Creador, e tudo se iluminará a sua volta, no seu ser. Você não deve esquecer que a vida é sempre o resultado de nossas experiências, portanto é o significado que atribuímos aos conhecimentos.

Coragem, no processo evolutivo ninguém está só; dependemos sempre do concurso dos outros. A verdade evolucionária se revela muito clara: é preciso descobrir a lei de causa e efeito, só assim o homem perceberá que há permanente esperança na simples presença de outras pessoas, que há luz no diálogo com o próximo, que há felicidade, alegria, na força do amor. Portanto, tenha certeza de que você não está isolado, não está abandonado. Cada momento significa conhecimento instrumental para o momento seguinte.

Caro irmão, você é mais forte do que pensa que é. O processo evolutivo faz severas exigências, as provas são duras, a dor dilacera, tudo parece interminável, mas não esqueça que todos os seres humanos são dotados de potencialidades para enfrentar qualquer situação que se lhe apresente.

O pensamento marca, efetivamente, a nossa vida. Portanto, o que pensamos é aquilo em que nos tornamos.

Procure, caro irmão, otimizar a vida. Medite, faça reflexão, descubra a força da renúncia voluntária, não se apegue aos bens materiais, não fique tão suscetível à avaliação do próximo, seja sincero com você mesmo, assim você poderá desfazer qualquer situação negativa.

Insistir na persistência é vencer a si mesmo com dignidade.

Luz, horizontes, evolução.

Trecho do livro, Na luta do cotidiano, A força do amor

Compartilhe: