[kads group="topo-1"]


Tenho mediunidade? Sempre que olho no relógio, os números são sempre iguais: 1h11, 0h00, 22h22…

Um parente espírita me disse que eu tenho mediunidade, e de um tempo para cá, sempre quando olho no relógio, quer seja na parede, no computador ou na televisão, os números são sempre iguais, por exemplo: 1h11, 2h22, 0h00, 21h21, 22h22. Isto tem alguma explicação?

Há uma frase atribuída a Jesus que é providencial para esta situação: “Conhecei a verdade e esta vos libertará”. Note que todos nós estamos sempre aprendendo, e à medida que questionamos “as certezas tradicionais” e buscamos novas respostas, vamos nos libertando do não saber e do receio do desconhecido. Com isso, passamos a compreender melhor a complexidade da vida e a construir a serenidade necessária para enfrentar os desafios da Terra.

Em nosso entendimento, não há quem não seja médium, no sentido de que todos somos providos da capacidade de emitir e captar pensamentos. Este processo de operar como uma rádio transmitindo e recebendo continuamente é o que nos mantêm em sintonia com o Universo. Por este meio podemos acessar as várias faixas de mentalidade disponíveis, como uma espécie de internet mental.

Por isso a importância do “vigiai”, no sentido de cuidar dos nossos pensamentos, mantendo-os na faixa do amor e da construção do bem.

Já que você despertou para o lado espiritual da vida, uma medida para construir um bom patamar de serenidade é estudar um pouco sobre Espiritismo e enviar suas dúvidas sempre que sentir vontade de um esclarecimento mais objetivo.

Considere a possibilidade de ler sobre a Doutrina Espírita e, se puder dedicar duas horas por semana, considere também a possibilidade de fazer parte de um grupo de estudos espíritas.

A edição n. 4 da revista SER Espírita, editada pela nossa equipe de voluntários, traz uma reportagem intitulada Somos Todos Médiuns? (www.serespírita.com.br). Se você quiser sugestões de leitura consulte a seção Alimento Espiritual, da revista SER Espírita.

Quanto ao caso do relógio, se as coincidências se repetirem, seria oportuno ir anotando para compor um estudo, pois isso seria coerente com o lado científico do Espiritismo. Caso não se repitam, não tem importância, pois o objetivo de você buscar o que queria já foi atingido.

Compartilhe: