[kads group="topo-1"]


Um espírito que já tenha reencarnado como mulher várias vezes, não teria a necessidade de aprendizado, reencarnando como homem?

Um espírito que já tenha reencarnado como mulher várias vezes, não teria a necessidade de aprendizado, reencarnando como homem?

Como homem,chamou muito a minha atenção a questão de reencarnar num corpo feminino e vivenciar a experiência de ser mulher, por exemplo. No caso de um espírito que já tenha reencarnado como mulher várias vezes, não teria ele a mesma necessidade de aprendizado, reencarnando como homem algumas vezes?
Sim. A reportagem da edição 27 da SER Espírita, intitulada “Reencarnar Mulher”, busca chamar a atenção para a importância da condição feminina na sociedade, tendo em vista que ainda existe muita desigualdade no tratamento para homens e mulheres, mesmo nas sociedades mais avançadas. Cabe olharmos a questão pelos seguintes pontos de vista: que já passamos ou passaremos pela condição feminina, portanto, experimentaremos o que a sociedade apresenta às mulheres; e que o processo reencarnatório implica vivenciar a experiência masculina e feminina, portanto, por sua condição cultural, informacional, física e moral. Assim, no caso do encarne feminino, quanto melhor for a condição da mulher, melhor tenderá a ser o processo reencarnatório. Afinal, pelo menos por enquanto, todos somos nascidos por meio de mães.

Compartilhe: