[kads group="topo-1"]


Vida nova a cada momento

Um novo ano se inicia e uma imensa plêiade de possibilidades se descortina. Muitos de nós se vêem às voltas com planos e ideias que parecem que finalmente encontraram campo fértil para se concretizar.
  • Finalmente iniciarei o regime que há anos vinha postergando;
  • Terminarei de ler aquele livro (o primeiro dentre os vários que tinha me proposto a ler já faz algum tempo);
  • Quem sabe eu possa me reaproximar daquele amigo com quem briguei e já nem recordo o motivo;
  • Vou me esforçar em dobro no trabalho pra acelerar minha progressão na carreira;
  • Me matricularei em um novo curso para ampliar meus horizontes;
Em boa parte dos casos, as resoluções de ano novo são algo que dura poucas semanas, dias ou mesmo horas. Em um piscar de olhos retornamos aos velhos costumes, vícios e conformismos, terceirizamos nossas frustrações, projetamos culpa por nossos fracassos em quem ou no que quer que seja e aguardamos por mais algum momento especial e mágico que possa apaziguar nossa dor, assim como uma pretensa conjuntura cósmica favorável ou quiçá o próximo réveillon.
 .
Não podemos desperdiçar nossa encarnação sempre postergando nossos projetos e nos acovardando diante dos desafios que a vida nos impõe. É sempre tempo de recomeçar, não importa se estamos em um ano novo, um mês novo, um dia novo ou mesmo um minuto novo. Precisamos nos convencer de que somos nós quem fazemos o momento propício da mudança, mas que nenhuma transformação se faz sem decisões firmes e grande esforço.
 .
Algumas das principais características que se espera de uma pessoa para que essa possa se considerar vencedora no jogo da vida são: (a) a mente aberta ao novo para que possa se adaptar sem traumas a qualquer situação apresentada; (b) perspicácia, para que possa buscar um crescimento contínuo, independentemente dos desafios ou das tentações do caminho; (c) coragem para realizar um constante recomeçar sejam quais forem as dificuldades envolvidas; (d) consciência de si, para que saiba delinear de forma clara seus talentos com que pode contribuir com os demais e seus pontos fracos nos quais deverá se deter um pouco mais para superá-los; (e) fé em Deus para que tenha sempre certeza de estar sujeito à mais absoluta e perfeita lei de Justiça em todos os seus atos.
 .
Poderíamos ainda enumerar um sem número de outros predicados para buscarmos particularmente nesse momento em que todos buscam projetar o ano que se inicia. É preciso, porém, que fique clara a importância de termos iniciativa e força de vontade para sermos a diferença que tanto almejamos.
 .
Se queremos um ano pleno de realizações, vamos à luta para conquistá-las; se queremos ver tudo diferente, vamos começar fazendo a diferença desde as pequenas coisas; se achamos que o governo que nós mesmos elegemos não vai bem, vamos arregaçar as mangas para cobrar de forma mais efetiva; vamos nos acostumar  a não medir esforços para atuar em prol do bem comum e do crescimento do próximo, pois de nada adianta simplesmente colocarmos o dedo em riste contra outrem se não fizermos a nossa parte e servirmos de exemplo sempre que possível.
 .
Vamos aproveitar esse momento simbólico de um ano novo para deixar pra trás todo tipo de escapismo ou conformismo, para nos despedirmos da preguiça e da inveja, para deixarmos de lado o comodismo e a inércia. Vamos aprender a olhar mais para o próximo, seja ele quem for e auxiliá-lo em tudo o que estiver ao nosso alcance. Vamos nos habituar a fazer uma constante busca por nós mesmos que nos permita nos situarmos melhor no mundo. Vamos buscar enxergar a vida cada vez mais com os olhos do espírito, para podermos ver sempre mais e além.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Rodrigo Fontana França

Rodrigo Fontana FrançaAdvogado e Coordenador de Grupos de Estudos Espíritas na Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE) e no Centro Espírita Antonio Grimm (CEAG)

Todos os Posts de: Rodrigo Fontana França